Oramix logo
Image by Alexander Kagan

Set 2020

A adoção crescente dos sistemas hiperconvergentes

Interpretando o último estudo referente ao mercado de sistemas convergentes de computação efetuado pela IDC, a retração do negócio da computação convergente e o crescimento da computação hiperconvergente poderá ser entendido como uma declaração do mercado mundial, mesmo em tempos de pandemia, de uma necessidade emergente de mudança.

A IDC categoriza os sistemas em três formatos de ambientes convergentes:

  • Sistemas de referência e infraestrutura integrada

  • Plataformas integradas

  • Sistemas hiperconvergentes

 

Ordenadamente, os sistemas de referência e infraestrutura integrada teve uma descida de 13,1% enquanto as plataformas integradas uma queda de 13,8% em período homologo no ano transato. Os sistemas hiperconvergentes mantiveram o crescimento, embora modesto de 1,1% referente ao ano de 2019.

 

O que explica estes números?

 

O declínio dos sistemas de referência e infraestruturas integradas, bem como das plataformas integradas, espelham as necessidades globais patentes nas infraestruturas de TI que, são quase na sua totalidade, endereçadas pelos sistemas hiperconvergentes.

 

As necessidades de ambientes ágeis, de gestão unificada e simplificada encontra-se impreterivelmente associada a necessidade de deter sistemas que se abstraiam da camada de hardware, disponibilizando uma crescente variedade de funcionalidades de software, atualmente presentes na oferta ou disponibilizadas em versões vindouras. Este tipo de sistemas disponibilizam a capacidade de as infraestruturas puderem acompanhar as tendências futuras do mercado de TI capitalizando o investimento efetuado. Igualmente endereçado por este tipo de sistemas encontra-se a simplificação da gestão, tornando as operações cada vez mais automatizadas, levando os clientes para os sistemas invisíveis, algo que se encontra nas nuvens públicas, tornando a adoção das mesmas simplificada e sendo vistas como uma extensão do seu centro de dados. Não obstante, esta aproximação aos sistemas invisíveis liberta o fardo da gestão e administração recorrente, libertando as equipas a incrementar valor ao core-business das empresas, disponibilizado os recursos para a criação de novas soluções.

 

 

Qual o caso em que melhor se aplica? Que benefícios práticos trará à minha organização?

 

Os ambientes hiperconvergentes são perfeitos para a maioria das cargas computacionais que se encontram no mercado. Esta capacidade de servir de base para uma amplitude de cargas heterogéneas, aumentou a necessidade de açambarcar as necessidades de segurança das cargas na sua genesis, estando estes ambientes capacitados de efetuar a segmentação dessas cargas, isolando-os e garantidos níveis de serviço e disponibilidade com uma visão aplicacional.

Sem dúvida que a hiperconvergência é a nova base dos centros de dados modernos, capitalizando as aplicações, mas o seu maior valor é a capacidade de se adaptar às futuras necessidades como cargas de trabalho mais convencionais como outras emergentes como blockchain, inteligência artificial, machine learning ou da computação em containers.

 

 

Como pode a Oramix ajudar?

 

A Oramix, como integrador de excelência, encontra-se disponível para ajudar os clientes a acompanhar a procura da otimização e modernização do centro de dados. Na nossa visão, a agilidade da infraestrutura encontra-se intrinsecamente ligada ao sucesso do negócio satisfazendo os clientes que alteram o seu perfil de consumo rapidamente e onde o disponibilizar serviços rapidamente é fulcral.

Pedro Emiliano, Data Center Evolution Business Manager, Oramix

Conheça o restante portfólio!

Faça download da apresentação de Data Center Evolution

Address

Lagoas Park, Edifício 8, Piso 1
2740-244 Porto Salvo, Portugal

Contacts

+ 351 214 239 345

Follow

  • LinkedIn Oramix
  • YouTube Oramix

Certifications